Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRILOGIA: Sua majestade à Merda!

TRILOGIA: Sua majestade à Merda!
Marcelo ShytaraLira
Série: POEMAS ESCRACHADOS.
I
Não dá pra escrever nesta merda
O PlanalTo usurpou todo o espaço
Delimitando a merda de meu espaço
Neste soneto fecal gatafunharei...

O excremento aqui em ênfase
É a merda do Prole(o)Tário sem rima
Vota nos gatunos por menosprezar-se
Logo-“o” todo sujo está PronTo a quê?

A falar da merda coletiva alheia
A jogar a própria fétida merda
No Rei de merda que reina Para Todas...

E a merda que corre nas veias
Para o cérebro oxigenar apenas?
__Sim! Pra algo mais valeria a pena?



II

Nunca terá nas mãos o rico veio da mina
Enquanto se fizer vassalo o pequeno Prole(o)tário
Portanto sobra-lhe a parte da carroça onde termina
Para empurrar nos trilhos a riqueza do majoritário


“Foi é e será cada vez menor a merda do espaço
Para quem se mantém nos trilhos da inércia”
Pois assim foi moldado o Prole(o)tário em sua covardia
A realizar trabalho árduo e nunca se armar do aço

Ora se nas urnas já não lavaram “quércia”
De físico a político em movimento uniforme que varia
Fez riqueza relâmpago num raio PI

Em progressão geométrica predadora que vi
Todo trabalho realizado foi subir ao palanque
Como bom orador iludiu José e a dona do tanque


III

Outrora profetizou John Kennedy Galbraith
Mas a casta hereditária que se diz superior o congelou
Mantendo no poder a supremacia “white”
Ricos e Prole(o)tários indigentes “ela” gerou


Karl Marx o “deus” do Prole(o)tário revolucionou:
"De cada um, de acordo com a sua capacidade;
A cada um, de acordo com as suas necessidades".
Porém o mais violento Tyrannosaurus rex o mastigou

Restou ao mundo os anti-heróis da história
Macacos fardados asseguram-lhe a preeminência
Logo o coeficiente de inclinação da tristeza maioritária

Terá seu fim quando o soma de Huxley perder a carestia
De outro modo nunca será feliz o Prole(o)tário
Enquanto ele de sua inópia remuneração for tributário


Marcelo ShytaraLira
Enviado por Marcelo ShytaraLira em 05/05/2008
Código do texto: T976326

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcelo ShytaraLira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 56 anos
33 textos (1356 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/06/19 04:52)
Marcelo ShytaraLira