Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
JUSTIÇA

Diz o insensato:
--Eu sou a justiça!
Pensa estar acima
do bem, do mal, de tudo.

Diz o imprudente:
--Não há justiça!
Quer viver impune.
Mente, mata, furta.

Esconder a justiça,
fogem as virtudes,
o homem rasteja...
A vida é perdida!

Justiça aplicada
faz forte a nação,
Traz dignidade.
É certo o amanhã!

Deus ‘stá acima do mal,
não ‘stá acima do bem,
Ele ao mal aborrece,
é o bem encarnado.

O homem, acima do mal,
só praticando o bem.
Deus se alegra, ama
e dá-lhe o Reino dos Céus.
Muniz de Albuquerque
Enviado por Muniz de Albuquerque em 04/06/2006
Reeditado em 20/05/2009
Código do texto: T169224
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Muniz de Albuquerque
São Paulo - São Paulo - Brasil, 67 anos
136 textos (46081 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/03/21 00:52)
Muniz de Albuquerque