Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Um Brasil quase “maduro”.

São capazes de estocar o vento:
O discurso, o debate e a tal de “lacração”...
Se torcidas vencessem intentos,
Apenas o Flamengo seria o campeão.
Do que o povo está carente,
Não se compra e nem se vende:
É saúde, segurança, e de muita educação!

Os discursos no papel são tão bonitos!
E há coitados que acreditam nos seus ditos,
E se condenam a infortúnios, desalentos, e ilusão…
O que povo realmente necessita
É de respeito e de maior valor à vida,
De comida e bebida, menos discurso, mais ação.

Tantas vidas à mercê de utopias,
De criminosos que promovem carestia,
Doenças, desempregos e aconsequente inanição.

A hipocrisia veste terno e gravata,
Nas tribunas das delícias e mamatas,
Num país manchado por corrupção,
Onde o povo é jogado às baratas,
Sobrevivendo às margens das negociatas,
Da velada tirania, covardia e traição.




 
Ronaldo Aparecido Silva
Enviado por Ronaldo Aparecido Silva em 01/03/2019
Reeditado em 01/03/2019
Código do texto: T6586954
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ronaldo Aparecido Silva
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil, 61 anos
626 textos (16465 leituras)
13 áudios (567 audições)
2 e-livros (65 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/19 22:21)
Ronaldo Aparecido Silva

Site do Escritor