Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor

Amor,
manso coração de boi de canga.
Ternura iluminada de candeeiro.
Paixão de mate e catre
no galpão compartilhado
com rituais e açucenas.

Amor
da sede ingênua das cacimbas
à volúpia insaciável
que se afoga nos açudes...

Inquietação de ginete,
cisma aflita de moça conquistada
pra viver o sul a dois.
Vaine Darde
Enviado por Vaine Darde em 15/06/2006
Código do texto: T176030


Comentários

Sobre o autor
Vaine Darde
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil
543 textos (94620 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/03/21 03:04)
Vaine Darde