Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DE AMORES E LIBERDADE

(a José Cláudio Machado, músico e cantor nativista)

O crepúsculo cinzento levanta as pestanas
e a estrela boieira tironeia no céu
qual uma tordilha venta rasgada.
Riscos azulegos descambam no horizonte.

Uma tropilha de aporreados se solta campo fora
e se estrepa nos peraus do pensamento.
Vividas pautas de amores saludam os pelos tordilhos
de minha própria cumeeira de pensar e viver.

Já troco os passos de tango, mas fica o rastro.
Entreveros marcam, na tarca andarenga,
os talhos da afiada xerenga.

São tristes os cambichos marcados
pelas recolutas das tropilhas da saudade.

Na boléia do vento – sotreta – ainda bombeia,
com olhar de águia, a china Liberdade!

– Do livro O CORAÇÃO ABRE A CORDEONA, 1978/2007.
http://recantodasletras.uol.com.br/poesias/35922
Joaquim Moncks
Enviado por Joaquim Moncks em 20/07/2005
Reeditado em 29/11/2011
Código do texto: T35922
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Joaquim Moncks
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 73 anos
3576 textos (901585 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/07/20 09:55)
Joaquim Moncks