Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poesia ao "meu" Pará

         Sou filha desta amada terra
            De diversidade natural
    Onde o vermelho de sua bandeira
            Representa suas lutas
  Trago no meu sangue suas culturas
      Por ser filha desta amada terra
         Por ser filha do "meu" Pará
          Tens saborosa culinária
  Desde o pato no tucupí até o tatacá
           E suas frutas regionais
          Admirada no Pará inteiro
          Como bacaba, pupunha
           E o açaí: o fruto negro
     Encanto-me com teus cantos
     E me embalo em tuas danças
        Como o xote e o carimbó
          E seus ritmos calientes
   Que danço acompanhada ou só
   E suas lendas que fazem parte
        Do imaginário popular
     Como a lenda do curupira
        Do boto e do guaraná
        Faz reunir os amigos
   Para na porta da casa contar
         Contar suas lendas
           Cantar seu hino
  E fazer poesia ao "meu" Pará!
Deise Ribeiro (A Poeta Camponesa)
Enviado por Deise Ribeiro (A Poeta Camponesa) em 16/04/2019
Reeditado em 10/05/2019
Código do texto: T6624691
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deise Ribeiro (A Poeta Camponesa)
Abaetetuba - Pará - Brasil, 23 anos
17 textos (295 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/11/19 01:10)
Deise Ribeiro (A Poeta Camponesa)