Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tardes

Estas tardes
Pobres tardes
Em que me dispo sozinha
E brindo com o infinito
Nao e o meu ser aflito
Nem a minha compaixao
Que me levam pela mao
Nestas tardes
Pobres tardes
Em que o outono caminha
E eu mesma escondo um grito
Proponho um plebiscito
Em pro de uma certa solidao:
Pausa, palmas pro coracao
Alyne Roberta Neves Costa
Enviado por Alyne Roberta Neves Costa em 07/04/2005
Código do texto: T10278


Comentários

Sobre a autora
Alyne Roberta Neves Costa
Salvador - Bahia - Brasil, 49 anos
28 textos (2732 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/20 15:48)
Alyne Roberta Neves Costa