Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Espelho de Vênus

No espelho, Vênus ecorre em  luz.
Liquidamente faces e braços
caem num só nicho de ventre.
De Marte, a flecha atinge a cruz
em  nascimentos, guerras, laços
e, assim para todo o sempre,
lasso será,
o desenlace de muitos abraços.
Vênus se cobrirá de fios,
toda  beleza dos teares
distorce a insinuação dos ares,
mácula do nu sem brio.
A guerra é vestida. A morte
traz no manto, enrolada sorte
dos que virão, josés e marias.
No võo das flechas, ventanias,
haverá uma grande carência
de musas nuas e transparências.
Elane Tomich
Enviado por Elane Tomich em 24/01/2006
Código do texto: T103256
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Elane Tomich
Teófilo Otoni - Minas Gerais - Brasil
319 textos (13021 leituras)
1 e-livros (129 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/20 13:15)
Elane Tomich