Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Antagonismo poético

Imensidão do chão
Que perto nos deixam longes,
Caídos tão esquecidos
Solitárias bocas não ouvidas,
Murmurar dos olhos lacrimejantes
Tristes palavras deslizantes,
Momentos jogados do alto.

Imensidão da lua
Que longe nos deixam perto,
Em asas tão distraídos
Multidão na visão estrelada,
Gritos dos olhares faiscantes
Tristezas deixadas na terra,
Momentos fluindo do chão.

Imensidão antagônica
Soa em paralelos constantes,
Poeta cai ou salta
Em versos mortos ou vivos,
Destoam-se na imagem,
Mesclam-se sem linhagens,
Momentos de dores ou prazeres.
Pupila
Enviado por Pupila em 08/04/2005
Código do texto: T10413
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Pupila
São Paulo - São Paulo - Brasil
728 textos (22801 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/11/20 21:00)
Pupila