Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ocupado

Devias estar ocupado quando a bomba estourou
pois não pudeste desarmá-la
e
depois
só recolheste os mortos
e abandonaste quem sobrou
envolto em pó
Devias
ainda
estar ocupado quando os homens da terra
de todas as cores
derramaram seu sangue
nas mãos dos homens de uma cor só
Continuavas muito ocupado
quando outra vez o mar se abriu
mas
por ser um outro povo
dessa vez o mar verde engoliu
Sempre estás por demais ocupado
quando uma criança me estende a mão
no sinal
na praia
na pracinha
Fico sem respostas
Fico só com a pergunta:
por que vem a mim tanta criancinha?
Com que te ocupavas quando o avião caiu
a terra tremeu
a semente secou
a chuva não veio
o rio morreu
e tanto pranto rolou?
Com que te ocupas que com nada disso te ocupas?
Sei de há muito:
não é que desististe
é que nunca exististe...
Tom Alves
Enviado por Tom Alves em 29/06/2008
Reeditado em 15/03/2010
Código do texto: T1057256

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Tom Alves
Salvador - Bahia - Brasil
22 textos (566 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/03/20 04:50)