Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DIVINA CONSTRUÇÃO


apague a luz
acenda um coração
deixe um Deus falar
com dedos no interruptor
do abajur na silhueta da mão

apague a voz
cante só uma canção
deixe um Deus soprar
com arfares de respiração
recriando corpo, amor de corpo

apague o cobertor
cubra os verbos frios
deixe um Deus aquecer
com cara de mormaço antigo
toda a claridade deitada na cama

apague a lua
e namore em solidão
deixe um Deus gerar
na silhueta gorda das lâmpadas
os desejos e os pecados sem mais luz

apague o barro
veja a primeira mulher
deixe Deus de apendicite
serpente aflita, vergonhoso Adão
trapos das macieiras cobrindo a nudez

apague a vela
com saliva do rezar
deixe um Deus em liberdade
e as luzes acesas da maior criação
sob o respiro suado construindo amores.


Djalma Filho
Enviado por Djalma Filho em 11/04/2005
Código do texto: T10861
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Djalma Filho
Salvador - Bahia - Brasil
662 textos (20975 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/20 07:49)
Djalma Filho