ESQUECIMENTO

Esquecimento é um poema

que em palavras não foi escrito,

e não lido, ficou preso na cena,

gravado na retina

como se fosse em granito.

Esquecimento é chuva noturna,

que atravessa a escuridão em raios,

e a gente a esperar que a luz diurna

nos corte o silêncio

e nos recolha os frangalhos.

Esquecimento é voz que ensurdece

e nos grita o tempo todo ao ouvido

e tanto menos se esquece

quanto mais se lhe joga ao olvido

Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 12/04/2005
Código do texto: T10909
Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.