Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APARECESTE NO SILÊNCIO



Hoje tu apareceste em meu silêncio
Eu neguei-te três vezes imitando Pedro
Não quero ver tua réstia de luz
Quando mais precisei de ti
Foste tu a negar-me
Revelaste uma migalha de tua condição
Um dia, eu te desenhei como meu amor
No momento atual, és lembrança
Quase esquecida...
Não quero facetas, almejo o prisma
Inteiro, sem rachaduras ou máculas
Fique nas tuas sombras
Os meus noturnos, eu já iluminei com outros sóis

Hoje tu apareceste em meu silêncio
Perdeste a viagem, icei âncora deste cais
Tua presença não é mais bem-vinda
Muda teu rumo e deixe-me em paz!

DENISE
Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 13/04/2005
Código do texto: T11150


Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
11345 textos (952810 leituras)
16 áudios (8941 audições)
311 e-livros (34558 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/07/20 01:06)
Denise Severgnini