Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Céu Azul


O silêncio nesse momento
passa-me paz e tranqüilidade.
Serenidade para admirar
a beleza desse céu azul.
Da claridade do sol,
da brisa vinda do mar.
Coisas pequenas ou grandiosas
fazem-me parar para meditar.
Mergulhar em meu interior
para agradecer tudo isso.
Os coqueiros balaçam suas
folhagens como se quisessem
agradecer também esse
instante mágico em minha vida.
Só eu estou acordada
para ter essa oportunidade.
Dádiva de Deus aos homens
que tentam sobreviver.
Na agitação, na turbulência,
na inquietação do cotidiano,
da vida no mundo atual.
E mergulhada em sonhos
belos continuo admirada vendo
as folhagens dos coqueiros
a me deliciar.
Gildete Vieira Sá
Enviado por Gildete Vieira Sá em 22/09/2008
Código do texto: T1191236

Comentários

Sobre a autora
Gildete Vieira Sá
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
1309 textos (30900 leituras)
1 e-livros (119 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/05/21 05:39)
Gildete Vieira Sá