Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor abandonado...

De repente a vida se reduz
Olho minhas mãos vazias de nos
E como se nada mas importasse
Desejei-te em meus sonhos perdidos
Fiz-te mulher no cio em versos soltos
Misturei cores em fantasias esquecidas
Quando que por inteira te despi...
Amarrotamos lençóis, espalhamos roupas pelo chão
Amamos-nos como se a tudo ignorássemos
E agora o que fazer com tudo isso?
E um misto de dor e alegria te esquece
Devo te reencontrar em outros braços amargos
Outras bocas secas sem o ardo dos desejos teus
Há quanta tortura me bate o peito
Se por ti me fiz menino pra brincar com seus amores
Fiz-me homem para encontrares a segurança perdida
Fiz-me monge para teus segredos guarda
Se pra você fiz canções, contei historias, fui rei e plebeu
Fui palhaço de um circo sem lona abandonado e te fiz sorrir
Agora poeta de uma historia mal acabada sem fim
Sozinho em um canto esquecido como um livro empoeirando
Um poema não terminado, um olhar definhando
E por um amor abandonado...
Edson Junior
Enviado por Edson Junior em 01/10/2008
Código do texto: T1205621
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edson Junior
Recife - Pernambuco - Brasil
234 textos (7086 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/11/19 13:16)
Edson Junior