Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

bate uma asa...

bate uma asa
a janela
sai pela porta
rompendo o destino
por sua própria força
e vontade
jamais dirá
mesmo a boca pequena
que não valeu
valeu
valeu muito
pelos enganos
todos, desenganos
pelo dia-a-dia
pelos amigos
valeu, como valeu.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 20/04/2005
Código do texto: T12225
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 59 anos
3231 textos (121159 leituras)
1 e-livros (244 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/18 09:38)
Peixão