BOLINANDO A ALMA

Casa, pra mim,

tem que ser deselegantemente

decorada com aquelas coisas

que a finesse abomina

e a alma sabe a amigos.

Amor pra ser gostoso,

tem que chamar meu nome com gozo

como de quem desfalece,

como quem chama de novo,

como quem faz uma prece.

Sexo pra ser bom

tem que bolinar a alma:

a grande zona erógena,

erótica, manda nas outras.

E se não bem bolinada,

seca o corpo e debocha.

E no fim,

a gente broxa.

Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 21/04/2005
Reeditado em 07/05/2005
Código do texto: T12341
Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.