Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Último Degrau

 Perante sua imagem lá está ela,
 O som do violino triste do rústico solar
 Percorre indo e vindo pelas nuas paredes,
 Novamente a orquestra da ilusão lhe visita

 Sua face já marcada pelas noites cabuladas,
 Seus olhos tão profundos e solitários,
 Denotam o calvário de sua jornada

 A razão de sua desventura
 Esteve trancafiada por trás do muro das lamentações
 A janela vestida com o suor de muitos anos,
 Cabendo somente a ela enxugá-lo.

 Sei que ela já não mais sorri,
 Não quer acreditar que o cavalo negro já se foi
 Nem ao menos teme a escuridão,
 Quão pouco a navalha que a toca

 Feche os olhos e verá o caminho,
 Ou se embriague com o eco e cairá em devaneio
 Eis o seu último passo...
Lidianery Massari
Enviado por Lidianery Massari em 25/03/2006
Código do texto: T128353


Comentários

Sobre a autora
Lidianery Massari
Jacutinga - Minas Gerais - Brasil, 34 anos
17 textos (557 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/20 08:54)
Lidianery Massari