Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Serenata

Na hora marcada
peguei  meu violão
e fiz uma serenata para a mulher amada.
Ela surgiu na varanda
parecia não acreditar.
Seus olhos sorriam
seu corpo transformou- se em poesia
pois rimava com o meu olhar apaixonado.
Cantei até o dia clarear
Feliz
presenciei o nascer de uma história de amor.
Roberto Passos do Amaral Pereira
Enviado por Roberto Passos do Amaral Pereira em 26/04/2005
Reeditado em 17/05/2005
Código do texto: T13081

Comentários

Sobre o autor
Roberto Passos do Amaral Pereira
Vitória - Espírito Santo - Brasil
1288 textos (134276 leituras)
11 áudios (1594 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/07/20 02:08)
Roberto Passos do Amaral Pereira