Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

IRONIA DO DESTINO!



A folha cai, cai morta.
Estática, no solo fica,
Mas, não por muito tempo,
Logo chega o vento,
E convida a folha pra dançar!

É um bailado lindo e sai a folha voando,
Ganha assim, a sua liberdade,
Que por ironia do destino...
Presa fica, enquanto viva,
Liberta, depois de morta!

Paulo Cesar Coelho
Enviado por Paulo Cesar Coelho em 31/03/2006
Reeditado em 31/03/2006
Código do texto: T131572

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulo Cesar Coelho
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
2736 textos (575866 leituras)
71 áudios (7354 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/04/21 15:18)
Paulo Cesar Coelho

Site do Escritor