Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


INDIFERENÇA
 
Tu brigavas... Eu brigava...
E nos separávamos.
Logo,porém,nos reconciliávamos.
 
Seriam nossas brigas um pretexto apenas,
sem nenhum valor,
para mostrar ao mundo
nosso imenso amor?
 
Hoje tu brigas e eu brigo.
E nos afastamos.
Mas,fazer as pazes não procuramos.
 
Já não existe entre nós
nem amor nem calor.
Não existe a volta...
Existe só a indiferença
que nos traz
uma total independência..
 
Nossa briga hoje
nos deixa sós
e serve apenas
para lembrar ao mundo

aquele amor tão profundo
que já morreu em nós.


                                                    (Poema livre)
 
Alda Corrêa Mendes Moreira
Enviado por Alda Corrêa Mendes Moreira em 06/12/2008
Reeditado em 09/12/2008
Código do texto: T1322705
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Alda Corrêa Mendes Moreira
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
213 textos (16008 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/11/19 16:37)
Alda Corrêa Mendes Moreira