Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SENSO DA BELEZA

   


         SENSO DA BELEZA


Poemas não são peças descartáveis
Poemas atravessam gerações
gerando sentimentos e emoções
e pensamentos nobres e prováveis

iniciativas novas e ações
tendentes a mostrar que são mutáveis
as situações das classes miseráveis
mergulhadas em duas opressões:

uma inerente à inerme condição
de pobreza, carência e ignorância
que leva ao crime ou leva à mendicância;

outra opressão, - vergonha da Nação -,
deriva da ganância por riqueza
de quem perdeu o senso da beleza

Diógenes Pereira Araújo






Diógenes Pereira de Araújo
Enviado por Diógenes Pereira de Araújo em 27/04/2005
Reeditado em 24/04/2020
Código do texto: T13273
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Diógenes Pereira de Araújo
Bauru - São Paulo - Brasil, 85 anos
211 textos (10299 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/07/20 21:08)
Diógenes Pereira de Araújo