Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O MUNDO POETA II

No mundo poeta há tanta beleza,
Eterna magia em seu caminhar,
Cantando em versos as belezas das flores,
No céu maravilhas em noites serenas,
Estrelas cadentes enfeitam a noite,
E a lua a brilhar inspira os amantes,
Num canto perfeito sai rimas ao amor,
E nos apaixonados as juras se calam,
Nos lábios somente um sorriso sincero,
E o olhar fala mais que palavras,
Na paixão concebida em meio à poesia.

Quisera o poeta em seu mundo somente
Versar alegrias e não ter tristezas,
Mas no mundo poeta não é só poesia,
Também tem lamentos em sua saudade,
Paixões que atormentam em seus desencontros,
E ferem a alma do pobre poeta,
Seus versos sofridos revelam a dor
Que seu coração nas entranhas carrega,
Embora o soneto ainda fale de amor.

Quisera no mundo o poeta encontrar,
Os versos que falam das belezas do mar,
Falar somente das matas e pássaros que enfeitam o lugar,
Cantar maravilhas nas rimas poéticas,
Num mundo sonhado, mas não realizado.
Por isso o poeta chora e escreve o lamento,
Por aquela criança que morre de fome,
Sem teto padece na dor que consome,
E seus pais sem emprego nada podem fazer,
São vítimas de um mundo que o poeta não quer,
Mas que infelizmente pouco pode fazer,
Mas ainda ele tenta em versos gritar,
E mais uma vez seu lamento ecoar,
Quem sabe um dia a poesia vai falar
Aos corações mais duros,
E uma voz lá dentro quem sabe cantar,
Rimas ao amor e este mundo mudar.
 
                                                                 04-04-06

    Therezinha Aparecida Válio Corrêa
            (There Valio)
There Valio
Enviado por There Valio em 04/04/2006
Código do texto: T133680
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
There Valio
Pilar do Sul - São Paulo - Brasil, 77 anos
959 textos (155341 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/20 04:39)
There Valio