COM A MACACA

Hoje estou com a macaca

e este moço com o capeta,

a rima que posso encontrar

não é buraco onde eu me meta.

Se eu parar de falar

ou deixar de lado a caneta,

e começar a uivar,

por favor, ninguém se meta.

O moço é uma lagarta,

liso, escorrega, e é só treta,

acho que vou desmaiar

e acordar borboleta.

Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 30/04/2005
Código do texto: T13882
Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.