Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BILHETE

Escrava do céu,
fale-me das nuvens.
Escreva-me, sempre a tempo,
com sua letra de chuva,
uma carta apaixonada
ditada pela noite precoce
com respingos de caligrafia.

Escrava do mar,
fale-me das ondas.
Escreva-me, sempre constante,
com sua letra de lua,
uma poesia redonda
ditada pela maré de Abril
com ondas de imaginação.

Escrava liberta,
fale-me das gaiolas.
Escreva-me, quase ausente,
com sua letra de forma,
apenas um bilhetinho
ditado pela fresta escura
com traços de iluminação.
Djalma Filho
Enviado por Djalma Filho em 03/05/2005
Código do texto: T14426
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Djalma Filho
Salvador - Bahia - Brasil
662 textos (20974 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/20 06:25)
Djalma Filho