Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESAMOR

És a escória do mundo,
nada mais pecaminoso
e mais profundo,
ter você
como ponto luminoso,
és o parto da dor,
que chega silente,
na cópula indecente,
que faz abortar o amor,
és astro caído
visão do final,
que gira perdido
em torno do mal,
és a bala inimiga
dissimulada de ouro e prata,
indiferente não liga,
se fere ou mata,
és a voz infernal,
que grita dentro de mim,
feito um urro bestial,
és a insensibilidade,
és um caminho que trilhei,
és a vaidade vadia
és a mulher
que um dia amei ...


ANDRADE JORGE
1997
direitos autorais registrados
http://andradejorgepoesias.vilabol.uol.com.br
 
ANDRADE JORGE
Enviado por ANDRADE JORGE em 25/04/2006
Reeditado em 17/07/2019
Código do texto: T145010
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (AUTOR ANDRADE JORGE - SÃO PAULO - BRASIL). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ANDRADE JORGE
Jundiaí - São Paulo - Brasil
1149 textos (98688 leituras)
28 áudios (1966 audições)
2 e-livros (331 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/09/19 16:19)
ANDRADE JORGE