Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A imensidão do ar



De braços dados
Sigo para o mundo.
De olhos vedados
Avisto o profundo.

Sinto o vento em minha janela
Num movimento parto para ela
E então posso voar.

Hoje vivo isolado, exilado e confuso
Por ter encontrado em apenas alguns segundos
A imensidão do ar.
Edson Zotto
Enviado por Edson Zotto em 26/04/2006
Código do texto: T145764

Comentários

Sobre o autor
Edson Zotto
Curitiba - Paraná - Brasil, 51 anos
102 textos (4529 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/19 13:50)
Edson Zotto