Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os causos do Luiz Tatico

Vou escrever sobre uma pessoa
Que na cidade é esquecida
Ele é Luiz Tatico
Que faz parte da minha vida

Sempre falando sério
Folclorico e inteligente
Nos nossos bate papo
Fazia a alegria da gente

Com seus casos hilariantes
Na memória será eterna
Principalmente a do vento
Que entortou a cisterna

Continuando a história
Que faço de bom grado
Como a do jacaré
Que morreu afogado

Na fazenda tinha um lago
Que ele cuidava com amor
Ali e pegava peixes
Com um gato pescador

Alguns tentaram imitá-lo
Mas não conseguiram não
O único que aproximou
Foi o Pantaleão

Tem uma que ele contou
Que eu achei muita graça
É que a Embaré planejava
Engarrafar a fumaça

Na fazenda plantou milho
E isso não é fofoca
O sol era muito quente
Quando chegou na lavoura
Era pura pipoca

Tem também a do bambu
Que canalizava água prá cozinha
O bambu apodreceu
A água continuou sozinha

Encerrando os meus versos
Quero cobri-lo de glória
Que pena minha cidade
Não tem museu, nem história


Autor: Otaviano Silva
Otaviano Luinha
Enviado por Otaviano Luinha em 27/02/2009
Código do texto: T1460209
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Otaviano Luinha
Lagoa da Prata - Minas Gerais - Brasil, 74 anos
68 textos (1156 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/07/19 00:59)