Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Jhonny-Cap

Há uma preguiça na natureza,
E nas ruas que ela cerca,
Que se esvai como palavra,
Dita de má vonntade, à êsmo.
E há os jardins burgueses.
Enfeitados de gregos falsos,
Para onde os burgueses banais,
Discutem Proust e Miami.
A rua em que antes, a muito tempo,
Passavam as moças de "Jhonny-Cap",
Tornou-se árida de beleza tola.
Há concreto e os jardins burgueses.
Tudo está projetado para ferir.
Porque quem entra à força,
Também quer ferir e roubar.
É tolo, é banal, meus amigos.
Mas hoje também, não há "bom dia".
Morreu um pouco de nossa bondade.
Morreu um pouco o romantismo.
Sobram apenas lembranças,
Das moças de "Jhonny-Cap".

EDUARDO PAIXÃO
Enviado por EDUARDO PAIXÃO em 27/04/2006
Código do texto: T146124

Comentários

Sobre o autor
EDUARDO PAIXÃO
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
1762 textos (29186 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/03/21 01:58)
EDUARDO PAIXÃO