Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Carpinteira

Saber-se
não mais de vidro
mas de madeira
suportando baques
sem quebrar
esbarrando nas quinas
empenando ao centro
suportando o contra peso
farpas necessárias
que de vez em quando
meto os dedos.
Luciane Goldstein
Enviado por Luciane Goldstein em 02/05/2006
Reeditado em 07/04/2008
Código do texto: T149250


Comentários

Sobre a autora
Luciane Goldstein
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 47 anos
198 textos (9973 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/02/21 07:50)
Luciane Goldstein