Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A nave do passado



Seria bom poder viajar no tempo
Os assim eu descobriria a verdadeira causa da dor.
Seria bom acordar de manhãzinha  e ver o sol;
Dizendo para você :tudo acabou...

Seria bom poder viajar no tempo
Só assim eu descobriria a alegria
Só sim eu descobriria o nada
Só assim eu viveria mais.

Onde ficar o meu deserto...
Onde fica as minhas idéias?
Onde estão os meus sonhos?
Seria o vento apenas uma sombra?

Como sonhar se não consigo acordar?
Como acordar se não consigo sorrir?
Como gritar se as alturas ficaram pequenas?
As famílias sumiram  e o mundo já não e , ou e?Mas...
...Porque olhas?
Porque olhas se não consigo andar               a noite chegou rapidamente
Porque olhas se não consigo chorar              e vejo o sono do absurdo
Porque olhas para a minha incerteza            se a vida e paenas passagem...
Porque gritas a minha ignorância                 já não somos a nada
Porque me atormentas como o seu pavor?   Já não somos o primeiro.

Olho para os montes e vejo-te andar
Olho para o seu rosto e vejo a alegria
A certeza e como uma ancora
E a sabedoria e o sonho dos antigos
Mas o pavor não atormenta a sua dor.



POETA CADEIRANTE ANDRE SALES
Enviado por POETA CADEIRANTE ANDRE SALES em 05/05/2006
Código do texto: T150845
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
POETA CADEIRANTE ANDRE SALES
Caicó - Rio Grande do Norte - Brasil, 45 anos
136 textos (16303 leituras)
1 áudios (23 audições)
3 e-livros (51 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/04/20 15:57)
POETA CADEIRANTE ANDRE SALES