BÁSICO E SIMPLES ASSIM

Um tempo sem hora ou minuto;

um espaço sem limites,

a luz no meio do escuro:

não é muito o que é preciso

pra achar o que procuro.

O silêncio em meio ao barulho,

a satisfação sem a busca,

o nada, no meio de tudo:

a clareza, a que não ofusca.

Não é denso, nem profundo.

É apenas o básico, o simples.

E é tudo o que falta no mundo.

Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 07/05/2005
Código do texto: T15459
Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.