Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FOFO - CANDO

Fofo – cando.... fofo – cando
Fofo – cando, sem parar...
Não sabe fazer outra coisa?
Me erra, me esquece, me deixa pra lá!

Um mundo com tanto problema
Há tanto pra se cuidar!
Você com esse dilema
E ai? Vai me sustentar?

Fofo – cando... fofo – cando
Fofo – cando, sem parar...
Cuidado com sua lingua...
Você pode se machucar!

Não tem mais o que fazer?
Que tal um passeio no campo?
No shopping tomar um lanche...
Cuidar um pouco de você...
Sua depilação deve estar um caos
Seu cabelo? Quero nem dizer!

Fofo – cando... fofo-cando
Fofo – cando, sem parar!
Menina não perca sua vida
Ficando a me observar!

Sou dona dos meus próprios atos
Sou dona do meu próprio querer
E... Se tenho esse homem comigo
Ele o está pelo simples prazer!

Nossa união é elo conjugado
Não queremos causar agressão
Somos amantes unidos em vontade
Ligados pela mesma paixão!

Fofo – cando... fofo-cando
Fofo – cando, sem parar!
Nem adianta tentar separar
Tentar fazer intriga...
Sabemos o que queremos
Sabemos o que nos liga!

Fofo –cando... Fofo – cando
Fofo – cando, sem parar!
Vai cuidar da sua vida...
Eu só quero poetar!

Santo André, 12.05.06 – 07:15 h
Enloucrescida
Enviado por Enloucrescida em 13/05/2006
Reeditado em 13/05/2006
Código do texto: T155139


Comentários

Sobre a autora
Enloucrescida
Santo André - São Paulo - Brasil
646 textos (93853 leituras)
14 áudios (2075 audições)
4 e-livros (1478 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/04/21 15:24)
Enloucrescida