Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESTRELÂMPADA

Viaja no céu muda luz. Anseia
Repousar nas costelas da estrela
Que um dia a mandou. Via
Que assim voltaria para vê-la.

Saltam clarões viajantes. Discos
A dizem mui bela. Milhões
De anos-luzes são atos, trilhões
De corpúsculos revoam. Ciscos.

Onde estás, mãe que me envia? Não
Vejo-te nem vendo o Pai. Prometeu-
me contar que seria
Tão vela breve no céu.

Vagos caminhos pensantes que
Mandam da Terra à aqui.
Mundos quebrados. Se
Tens-me amor, vem, surgi.

Estou a apagar-me, tristonha.
Meu grito à nada conduz.
Mas sei que estás tão risonha
A passear com o sol, que te seduz.

Não importa. Vago.
Esterilizo mas morro.
Meu destino, trágico.
Estou fio de lâmpada,
Sem socorro.


Preto Moreno
Preto Moreno
Enviado por Preto Moreno em 13/05/2006
Reeditado em 23/05/2006
Código do texto: T155307


Comentários

Sobre o autor
Preto Moreno
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
9229 textos (124915 leituras)
23 áudios (516 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/03/21 13:14)