Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

...

numa manhã de domingo, pardacenta, sinto a falta dos nossos corpos nus e da liberdade das nossas mãos

há também a ausência das palavras e dos olhares que tão bem sabem despir-nos

invejo os amantes que todas as manhãs acordam nus lado a lado sem o relógio a marcar o tempo
lunapensativa
Enviado por lunapensativa em 09/05/2005
Código do texto: T15773

Comentários

Sobre a autora
lunapensativa
Portugal, 48 anos
114 textos (10784 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/20 09:12)
lunapensativa