FUTURO IMPERFEITO (ou uma resposta à tua vida)

Por que me queres junto a ti

se tudo que quero é voar?

Voar pra longe daqui

sem mesmo sair do lugar...

Por que me queres a teu lado

se tudo que quero é ir fundo?

Meu caminho é longo, minha estrada é larga

e meu destino é o mundo.

Não é por não te querer,

e aí te peço que entenda.

Há algo mais a entender.

É que ainda que eu pretenda,

e me esforce em permanecer,

não sei olhar o mundo amarrada,

como a trazer nos olhos uma venda.

Por que achas que tenho,

justo eu, tão imperfeita, inacabada,

a melhor rota para tua estrada,

se não tenho, eu própria,

mapas, bússolas, guias, nada?

O que te faz crer que minhas mãos,

tão sujas da poeira da estrada,

acolhem a capacidade, o dom,

de dar-te uma vida assim iluminada?

Não sei. Não compreendo.

Tenho de mim tanta dúvida,

tanta pergunta não respondida,

que não me parece possível

ser assim para ti

uma resposta a tua vida...

Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 09/05/2005
Código do texto: T15824
Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.