Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Manipulação

O poema do prosaico,
Talvêz não tenha encantamento.
Mas é necessário falar de out-doors,
Falar de gráficos e planilhas,
Falar de latas de sardinha.
Porque o simples fato de existirem,
Já urgencia seus tratamentos em outro plano.
Por isso peguei anúncios de refrigerante,
Que berram nos painéis da estrada,
Comprimi-os até virarem essência pop,
e digerindo sua significância,
Percebi a poética da manipulação.
E o que é poesia,
Senão manipulação de sentidos?
Tudo. Absolutamente tudo,
Cabe no poema.
A gente vai jogando daqui e dalí,
Porque no final,
Todo poema é um out-door da vaidade,
Da verdade, da mentira e da ausência.
EDUARDO PAIXÃO
Enviado por EDUARDO PAIXÃO em 22/05/2006
Código do texto: T160839

Comentários

Sobre o autor
EDUARDO PAIXÃO
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
1722 textos (28757 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/01/20 09:58)
EDUARDO PAIXÃO