Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Apoteose Finlandêsa

Envolto em brumas e cisnes selvagens,
Ele chega com suas marchas estranhas,
Tomando o brilho das coisas geladas.

Trombones imperativos,
Cordas tensionadas ao limite.
E assim se faz uma sinfonia incomum.
Em que tímpanos cantam sombrios,
E cornes-ingleses incorporam a sedução,
Que levam o viajante incauto,
Aos confins do inferno congelado.

Somente ele poderia transformar,
Valsa em marcha fúnebre,
E marcha fúnebre em celebração nacional.
EDUARDO PAIXÃO
Enviado por EDUARDO PAIXÃO em 25/05/2006
Código do texto: T162526

Comentários

Sobre o autor
EDUARDO PAIXÃO
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
1722 textos (28701 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/19 00:07)
EDUARDO PAIXÃO