Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Qual é o seu tempo?

Alguma vez você se perguntou
se o seu tempo é
de fato seu?
O que faz com o que recebe
de precioso de Deus?
Já se sentiu assim
fora de contexto,
sem entender a sua época,
como se vivesse
em outra dimensão?
E o saudosismo,
já lhe pegou de jeito,
quase com falta de
respeito,
invadindo a sua vida,
te devolvendo ao passado
que julgava esquecido?
Isso acontece
mais do que se imagina.
A insatisfação
mora ao lado,
e nos espreita
constantemente.
Queremos sempre
o que é do vizinho,
o que não nos pertence.
A inveja,
esse sentimento
tão mesquinho,
nos acompanha
todos os dias
travestido de
outra coisa.
Difícil é admitir
que a sentimos
e fazer dela uma aliada.
Como assim?
Se quero o que
não tenho,
vou tentar conseguir
com lealdade,
vou eliminar a falsidade
e atingir meus objetivos.
E o amor?
e a beleza?
Ah, aí não tem
muito jeito.
Ou se muda o pensamento,
ou se alimenta a alma
com bons sentimentos,
ou a feiúra e o desafeto
vão prevalecer,
pois existe um princípio
básico,
que é o da espiritualidade.
É da nossa essência
que emana toda a formusura
capaz de encantar
de verdade,
de cativar as pessoas
sem torná-las cativas
de fato.
A estética da alma
é a que nos faz mais belos,
e singelos,
e felizes.
É o que nos faz combater
a inveja
e nos torna satisfeitos
com o que somos,
com o que podemos,
e nos insere
no tempo real
a que pertencemos.
amarilia
Enviado por amarilia em 01/06/2009
Código do texto: T1626044

Comentários

Sobre a autora
amarilia
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
588 textos (27574 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/20 09:16)
amarilia