À ESPERA

derramei-me líquido

nas verdes ondas do mar

esperando como náufrago

o grande brilho do luar

que, adverso, me adotaria

como um poeta propício

Otávio Coral
Enviado por Otávio Coral em 11/05/2005
Código do texto: T16381