Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Controverso

“Dói o desejo e esse prazer febril
....
e tudo o mais a minha volta é resto.”
(Lisieux Souza, “Polvo”)

-----

O coração exprime, convulsivo,
a dor, a forte angústia, a solidão.
Sofre, convulso, esta separação
que dilacera o peito e, mesmo altivo
em seu labor para manter-me vivo,
exprime, no seu mais sensato gesto,
a dor que sinto no meu peito infesto,
a dor que me consome, amarga, vil.
Dói o desejo, este prazer febril,
e tudo o mais a minha volta é resto.

É resto a sensação de plenitude,
essa indizível força que me anima,
é resto essa lembrança que lastima
a perda desse amor, mas não me ilude
a falsa sensação do que já pude
e já não posso mais, o amor servil.
Dói o desejo, este prazer febril,
e tudo o mais a minha volta é resto,
é ilusório, é falso, é indigesto.
Eu vivo, mesmo assim, a mais de mil.
Paulo Camelo
Enviado por Paulo Camelo em 02/06/2006
Código do texto: T168275
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulo Camelo
Recife - Pernambuco - Brasil, 73 anos
938 textos (292952 leituras)
36 áudios (11308 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/04/21 01:33)
Paulo Camelo

Site do Escritor