Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PALAVRA CERTA

A palavra pesa
Depois de proferida
Não há como ser negada

A navalha corta
A expressão do verso
na carne exposta

Digo somente,
Da solidão da mente
Que não mente

Escolho a palavra certa
Para que não sirva de navalha
Se eu erro, é mortalha

Se eu calo, fico só
Na solitude, desfaço-me
mas tento renascer


Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 08/06/2006
Código do texto: T171868


Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
11345 textos (950303 leituras)
16 áudios (8939 audições)
311 e-livros (34543 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/04/20 07:35)
Denise Severgnini