Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DANÇA DAS MARÉS

Mar noturno
Profundo
Participa da natureza última
Das coisas ditas belas
E secretas

Águas calmas, mas
Um coração em fuga
Que dispara à revelia
Sobre a tez revolta
E salgada

Mar noturno
Guardião das constelações
E das almas aflitas

Taciturno
Um deserto de águas
Onde se ressuscita a sede
E toda forma de saudade

* * *

E no fim do dia
Seu sorriso, tal qual
Um sol poente
Para a visão, além das angras
Das ondas quebrando
Nos arrecifes
Despediu-se e partiu
Imperceptivelmente
Como a brisa morna
E silenciosa

* * *

GOIÂNIA, 30 DE MARÇO DE 2006
Glauber Ramos
Enviado por Glauber Ramos em 13/09/2009
Código do texto: T1808865


Comentários

Sobre o autor
Glauber Ramos
Gurupi - Tocantins - Brasil, 38 anos
98 textos (3240 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/06/21 08:01)
Glauber Ramos