Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MANTO ASSUSTADOR

Quando a fúria dos ventos,
Rompe o teto das tempestades,
Ouvem-se estrondos violentos,
Tremem as bases da humanidade.
 
Indomáveis ventos, relâmpagos, chuva forte,
Em minutos, desaba o infinito,
Densas nuvens, vão e vem, do sul ao norte,
Retendo nas entranhas, o próprio grito.
 
Cascatas, rios e mares se agitam,
Florestas travam luta, sem igual,
Até a lua lá distante, se pergunta:
Porque meus olhos, só veem escuridão?
 
A natureza enfurecida, rasga as vestes,
Exibe um manto escuro assustador,
Arrasta tudo o que encontra pela frente,
E o coração da gente bate em alta vibração.
Clara Strapazzon
Enviado por Clara Strapazzon em 27/09/2009
Reeditado em 27/09/2009
Código do texto: T1834240

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Clara Strapazzon
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
228 textos (29664 leituras)
9 áudios (1155 audições)
1 e-livros (37 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/11/19 12:02)
Clara Strapazzon