Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aos Olhos do Poeta

                                               
O poeta é passageiro de seus olhos,
eterno viajante no olhar,
e mora na estrada onde segue
partindo sem saber onde chegar...

Nos olhos do poeta o universo
transita por avessa trajetória...
O mundo se compõe sempre in-verso
porque se faz de dentro para fora.

Por isto o poeta tem visagens,
são várias as visões que ele traduz
e tanto se encanta na paisagem
que, às vezes, os seus olhos choram luz.

O poeta é viajante das auroras.
Hospeda-se clandestino no arrebol.
E mesmo sem sair de onde mora
navega qual se fosse girassol...

Gravita por galáxias, oceanos
pois tem o céu no mar e o mar no céu.
Inventa itinerários pelo tempo,
marujo nos seus barcos de papel.

Aos olhos do poeta um anjo encena
o que não se traduz e não se grava
porque ao seu olhar o caos se ordena
e o homem se eterniza na palavra.


 
Vaine Darde
Enviado por Vaine Darde em 28/06/2006
Código do texto: T183808


Comentários

Sobre o autor
Vaine Darde
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil
543 textos (94593 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/02/21 05:43)
Vaine Darde