Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

guardo-te...

guardo-te...

...no pranto nunca chorado,
no sofrer nunca descrito.


( ...em que o adeus deixado
  ficou mudo no teu grito. )





João Videira Santos
Enviado por João Videira Santos em 29/06/2006
Código do texto: T184501


Comentários

Sobre o autor
João Videira Santos
Lisboa - Lisboa - Portugal
238 textos (17622 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/02/21 15:21)
João Videira Santos