$1,99




Rosa Pena


Talvez as palavras,
já nem existam mais,
ou foram demais.
Hoje piso em ovos,
nem mais surgem
poemas novos.
Já me submeti,
na nobreza
ser o escravo,
no real
ser o centavo.
No $1,99
sou aquele trocado
ignorado.
Na cotação
meu coração
virou dólar.
Já foi ouro.
Passado!
Tempos de euro!


2005
Rosa Pena
Enviado por Rosa Pena em 22/05/2005
Reeditado em 03/08/2008
Código do texto: T18902
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.