Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A S A S



Quero asas como braços
a me alçarem, ligeiras,
na amplidão do infinito.
Não mais, então, ser proscrito
serei, talvez, ser bendito
adejando sobre os ares.
Ave solta...
orgulhosa pelos ares.
HLuna
Enviado por HLuna em 15/07/2006
Código do texto: T194490
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
HLuna
Fortaleza - Ceará - Brasil
10752 textos (252474 leituras)
15 e-livros (1000 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/03/21 14:57)
HLuna