Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Respirar alivia...

Euna Britto de Oliveira




Deus é simples, mas sofistica!
Criou o universo com as galáxias, os mundos concretos, visíveis,
E as energias invisíveis que os perpassam...
As estruturas infinitamente subdivididas da matéria,
Moléculas, átomos, nêutrons, prótons...
Os quasares e a incansável repetição de suas estruturas...
Criou o corpo e a alma.
E se alma tiver alma?
Não duvido nada, do jeito que Deus é capaz de fazer o impensável!...
A alma da minha alma, por exemplo, se existir,  se existisse,
Deve ou deveria ser calma.
Seria minha alma primeira, primária.
A secundária, esta que todo mundo sabe que existe,
E até a percebe,
Agita-se, fica ansiosa,
Medrosa ou corajosa,
E, muitas vezes, interpreta fatos tão erroneamente!...
Passa longe da realidade...

Os corações dos homens se inclinam
Para onde o vento sopra
E para onde o vento não sopra.
O coração tem leis próprias.
A vida passa, leve ou pesada,
E respirar alivia...
Pensar em Deus universaliza e aciona  o socorro cósmico;
O bom pensamento, o sentimento amoroso movimentam forças das Regiões celestiais em favor dos necessitados...

Estou divagando porque estou vagando...
Querendo um porto seguro.
À deriva, seguro-me a uma tábua, em alto mar!
Deus, que conhece todas as estrelas e as chama pelo nome,
Também conhece todos os homens,
Pronuncia meu nome e me entrega a Maria.

Viver neste mundo já é difícil, faço idéia no outro,
Onde ninguém almoça, nem janta, nem tem as necessidades daqui.
Os chegantes só seguem e fazem o que os de lá fazem!...
Há instrutores para todos!!!...
Tomara que o meu, além de bom, seja bonito!
(Terei pensamentos da terra?....)
O que tiver de acontecer não está escrito,
Vai-se escrevendo a cada dia...
Histórias escritas com caneta abastecida com o Sangue de Cristo
Salvam-se!

Deus é caprichoso, antecipado ou demorado em tudo.
Amo estar no côncavo das mãos d´Ele!
Por favor, não me balança assim, não, Deus!
Eu fico tonta!
Folga um pouquinho os dedos!!!...
Tua mão está me apertando!

Perto do osso, ouço o som de um bater de asas...
Perto do osso do peito.
É o coração que quer voar,
Mas não pode.
Ainda não.
Há um tempo pra tudo.
Euna Britto de Oliveira
Enviado por Euna Britto de Oliveira em 22/12/2009
Código do texto: T1991703

Comentários

Sobre a autora
Euna Britto de Oliveira
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
995 textos (38091 leituras)
6 áudios (365 audições)
12 e-livros (693 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/19 16:44)
Euna Britto de Oliveira