Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudade Funda

O corpo dorme, o espírito sonha.
Um encarcerado nos barrotes da carne.
O outro alçando-se em voo sobre a
Mediocridade plana da vida.

Antes ser criança.
Sou como um poema que não chegou a ser.

A saudade é funda
E o tempo acaba.
Talvez depois de lá
Eu volte a ser o que não fui,
O que sempre quis ser,
O que sonhei,
O que serei.

2009
Nagib Anderáos Neto
neto.nagib@gmail.com
www.nagibanderaos.com.br


Nagib Anderáos Neto
Enviado por Nagib Anderáos Neto em 26/12/2009
Código do texto: T1996658

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.nagibanderaos.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nagib Anderáos Neto
São Paulo - São Paulo - Brasil
397 textos (96507 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/10/19 10:47)
Nagib Anderáos Neto